Prospectos NBA Draft 2015: #1 Karl-Anthony Towns

VAVEL

Chegamos na nosso último prospecto. Karl-Anthony Towns será, muito provavelmente, a primeira escolha do Draft 2015 da NBA. Além de ser um ótimo encaixe no Minnesota Timberwolves, Towns é um atleta extremamente versátil, podendo atuar com muita qualidade nos dois lados da quadra.

Pontos fortes

– Ótima altura e envergadura para um cara da sua posição. Pode jogar na 4 ou na 5. Jogador incrivelmente móvel para seu tamanho, além de ser forte. Corre muito bem a quadra, principalmente em transição. Passadas longas.

– Muito bom no Pick and Roll, muito por conta da sua agilidade e habilidade em conseguir bons drives em direção à cesta. É ótimo finalizando embaixo da cesta por conta dos atributos físicos. Absorve bem o contato.

– Potencial para ser um grande reboteiro na NBA em ambos os lados da quadra. Mobilidade + comprimento nos rebotes ofensivos. Força + box out nos rebotes defensivos.

– Como já dito, finaliza muito bem embaixo da cesta. Bom nos hook shots e em turnaround jumpers, seja pelo ombro direito, como pelo ombro esquerdo. Muito à vontade quando recebe passes bem embaixo da cesta.

– Passador muito bom, tanto do perímetro, como perto da cesta. Consegue achar os shooters e perceber bem a movimentação sem a bola dos companheiros, conseguindo, às vezes, algumas ponte aéreas. Erra pouquíssimo.

– Potencial altíssimo para ser um ótimo two-way player na NBA. Junto de Willie Cauley-Stein, formaram a melhor dupla de garrafão defensiva da NCAA. Protetor de aro espetacular. Ótimo timing. Consegue marcar jogadores da 5 e da 4.

– Move-se muito bem lateralmente. Consegue acompanhar jogadores mais rápidos que jogam na 4 e conter as penetrações, além de “arranjar” algumas faltas ofensivas de vez em quando.

– Também defende bem no Pick and Roll, muito pelo fato de não ter problemas na troca. Dificilmente ele terá miss matchups. Consegue defender alguns armadores. Também tem qualidade para defender no post, usando sua força e tamanho.

– Não arrisca tanto chutes de média distância, mas é consistente e pode melhorar bastante. Consegue espaçar a quadra em alguns momentos.

– Altíssimo QI de basquete para um cara tão novo. Já é muito bom e tem tudo para evoluir ainda mais.

Pontos fracos

– Excelente defensor, mas ainda é meio indisciplinado. Comete muitas faltas, o que pode atrapalhar bastante com seus minutos em quadra na NBA. Tem faltas que dá para evitar. Cai em alguns fakes.

– Consegue resistir ao contato embaixo do aro, mas chega com muita vontade e acaba cometendo faltas que poderia evitar. Excesso de vontade/força, diria.

– Sai bastante da sua “área” por conta da vontade por conseguir tocos. Consegue em muitos casos, mas isso acaba acarretando em muitas faltas também.

– Pode ser mais explosivo em quadra. Além disso, também não é um leaper (pulador) tão bom quanto parece. Apenas regular.

– Inconsistência em algumas partidas. Na maioria das partidas, mostrava ser o Towns que todos sabem o potencial, mas deixava de aparecer em alguns jogos/momentos importantes. Pode ser mais “duro” em alguns jogos também.

– Não consegue brigar pela posição embaixo da cesta em alguns lances de ataque. Acaba cometendo faltas, às vezes.

– Não é um cara fenomenal no ataque, pois ainda pode evoluir seus movimentos de costas para cesta. Mas ainda é novo e isso é uma das razões dessas limitações aos hook shots no post.

Médias na temporada 2014-15: 39 jogos, 10.3 rebotes, 6.7 rebotes, 1.1 assistências, 0.5 roubos de bola, 2.2 tocos, 1.4 turnovers e 56.6% FG.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s